"Somos anjos duma asa só e só podemos voar quando nos abraçamos uns aos outros."

Pensamento de Fernando Pessoa deixado para todos os que estão na lista abaixo e àqueles que passam sem deixar rasto. Seguimos juntos!

OS AMIGOS

quarta-feira, 15 de junho de 2011

COMO ÁGUIA...

" É insondável a Sua sabedoria. Ele dá forças ao cansado e enche de vigor os fracos. Até os adolescentes se cansam e se fatigam e os jovens tropeçam e vacilam. Mas aqueles que confiam nos Senhor renovam as suas forças. Têm asas como a águia, correm sem se cansar, marcham sem desfalecer." Is 40, 29-31

Foi com esta Palavra que os meus olhos ainda meio adormecidos, despertaram.  Há lá melhor maneira de acordar do que receber uma mensagem de esperança? 

Quantas vezes a fadiga dá lugar ao esmorecimento e a vontade de fazer muito me dá a sensação de que nada faço. 
Bem sei que esta penalização pessoal é a consequência das minhas tentativas de me superar; bem sei que quanto mais o faço maior o foco de luz que incide no ser imperfeito que sou e é aí que derrapo no "desfalecer" que me rouba o impulso de me erguer. Por breves momentos - e digo breves porque são pequenos - baixo os braços e fico inerte, entregue à semi-derrota. Revisito as minhas ações, as minhas palavras, gestos e quase sempre acho que poderia ter sido ou feito melhor. 
Há muito que esta contenda deixou de ser apenas e só, entre a minha pessoa e Deus. 

O caminho é evolutivo, trouxe-me uma progressão a todos os níveis. Os primeiros passos foram de descoberta eufórica e de confirmação - primeiro a mim, depois "gritando" aos outros - de que Jesus está vivo, existe dentro de mim, de ti, de cada um de nós; Aninhei-me nessa constatação  saboreando o amor incondicional de Deus; provando a segurança, a confiança desse amor; absorvendo esse alimento que de tão intenso me enche dum sentimento que transcende tantas vezes o razoável, o explicável... 
Porém, tal como bom pai, chega uma hora em que o convite é arrepiar caminho, incentivando a remover as trancas da clausura a sós com Deus e encetar novos voos fazendo uso das nossas asas. 
Abraçar este repto é acatar esta "ordem" de prosseguir ciente de que há que ultrapassar a fase do "eu e Deus" para ser: Eu e Deus para os outros e através dos outros receber Deus em mim.  
É saber inverter o meu sentido de marcha, se for necessário, para chegar onde Deus quer que chegue ou fazer o que Deus quer que faça.
É saber que nada sou nem sei, mas sou de Deus e a Sua sabedoria é insondável.
É saber que sou fraca, vacilo, tropeço, mas sou de Deus e Ele renovará as minhas forças.
É saber que quero confiar tanto...mas tanto, até que as minhas asas sejam como as da águia que correm sem se cansar e marcham sem desfalecer...


Dulce Gomes

3 comentários :

  1. Linda mensagem!!
    Deixei selinho de presente no meu blog, passe por lá.
    abraço fraterno

    ResponderEliminar
  2. Oi amiga !!!
    Eu gosto muito do Profeta Isaías,,,,Essa passagem diz-me muito!
    Ao ler-te lembrei-me de quando comecei a dar os primeiros passos,levando a sério Jesus e viver de acordo com a Sua vontade.
    Noto na tua escrita uma força,um querer ,que me alegra bastante.Continua!!!
    Sabes Dulce,quer-me parecer que de vez em quando Ele nos tira o tapete,tira tudo penso eu.Só fica uma certeza: Sem Ele,nada vale nem tem sentido.
    E aí então começa a procura séria d'Ele.Deixa-se o acessório,vamos ao que realmente importa.Só queremos a Ele.E por Ele então começa-se a amar as pessoas.Se é verdade que algumas pessoas são setinhas que nos mostram o Senhor,depois é pelo Senhor que amamos as pessoas.
    Dulce,aqui vai aquele abraço,grande!
    Em Jesus e Maria

    ResponderEliminar
  3. Que bom encontrar seu blog! É como uma flor a nos alegrar no deserto do mundo...
    Paz e Bênçãos!

    ResponderEliminar

As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável.
Madre Teresa de Calcutá