"Somos anjos duma asa só e só podemos voar quando nos abraçamos uns aos outros."

Pensamento de Fernando Pessoa deixado para todos os que estão na lista abaixo e àqueles que passam sem deixar rasto. Seguimos juntos!

OS AMIGOS

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

TORVELINHO DE INQUIETAÇÕES

Um poema feito para alguém, não importa quem...



Queria hibernar no espaço que não tenho
Romper as correntes que me prendem ao que não sou
Soltar a voz que dentro de mim contenho
Restaurar a alegria que um dia já me habitou

Manter acesa a fogueira da esperança
Até que a luz brote no beco sem saída
Nortear o meu rumo pela bússola da aliança
Com Aquele que um dia me deu a vida

 Num torvelinho de inquietações
Numa alma que se sente celeiro vazio
Até os muros derrubados são prisões
E as pontes erguidas, o desânimo, demoliu

De pés descalços neste chão de ilusão
Onde cardos floresceram nas fissuras do tempo
Agasalho as lembranças na palma da mão
Busco o que me resta no meio do desalento

Dulce Gomes
(Foto de Isabel Gomes)

4 comentários :

  1. Bom dia, querida Dulce!
    Após a desolação, virá a consolação e Deus nos reserva inúmeras Graças...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Rosélia.
      Sim. O Senhor virá dar Luz à luz dos nossos dias.
      Um beijinho

      Eliminar
  2. Boa tarde Dulce,
    Muito obrigada por me ter visitado!
    Saudades dos tempos das nossas caminhadas;))!!
    O tempo vai passando e a sua netinha já deve estar muito crescida.
    A sua poesia continua lindíssima e muito inspirada.
    Um beijinho e bom domingo e semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  3. Serdeczności , miła strona, dobrego dnia z Jezusem życzę . zapraszam
    http://www.skrzynkaintencji100.bloog.pl

    ResponderEliminar

As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável.
Madre Teresa de Calcutá